News

Novas Regras do Conselho Federal 18.10.2020O

Novas Regras do Conselho Federal 18.10.2020O uso de uma máscara será obrigatório em todos os espaços públicos fechados na Suíça a partir de segunda-feira, o Conselho Federal anunciou a medida no domingo. As reuniões públicas espontâneas estão limitadas a 15 pessoas.A pedido dos cantões e após a realização de uma reunião extraordinária no domingo, o Conselho Federal impõe o uso de máscaras nas estações ferroviárias, mas também em aeroportos e paragens de autocarros. Todos os espaços públicos fechados são afectados pela medida.Num comunicado de imprensa, o Governo declara que a obrigação se aplica, por exemplo, em lojas, bancos, museus, restaurantes, discotecas, igrejas ou vestiários em salas de desporto. O mesmo se aplica às partes da administração pública que são acessíveis ao público. Nas escolas, infantários e áreas de treino físico, as máscaras só têm de ser usadas se fizerem parte do plano de protecção destes estabelecimentos.“Evitar as reuniões de família”O Conselho Federal recomenda também evitar, “na medida do possível”, reuniões com familiares ou amigos. Para eventos privados envolvendo mais de 15 pessoas, os convidados só podem comer ou beber enquanto estiverem sentados. O uso de uma máscara quando em pé torna-se obrigatório. Os dados pessoais devem ser recolhidos.Os eventos privados com mais de 100 pessoas devem ter um conceito de protecção semelhante ao dos eventos públicos e só podem ser realizados em instalações acessíveis ao público.Máximo 15 pessoasÉ proibida a concentração espontânea de mais de 15 pessoas em locais públicos, em trilhos e parques. Isto é para evitar que eventos privados se desloquem para o espaço público.Eventos organizados no espaço público, tais como reuniões políticas, são sempre permitidos. Mas apenas com medidas de protecção adequadas.Asas de Portugalhttp://www.asasdeportugal.ch/


Quarentena obrigatória para entrar na Suíça.
Esta medida, que entrou em vigor a 28 de setembro, às 00h00, aplica-se a passageiros provenientes de Portugal, Bélgica, Dinamarca, Equador, Reino Unido, Hungria, Irlanda, Islândia, Jamaica, Luxemburgo, Marrocos, Nepal, 
Desta lista fazem ainda parte as regiões da Bretanha (França), Liguria (Itália), Niederösterreich e Oberösterreich (Áustria).
A mesma medida decreta que todos os viajantes provenientes de países de risco devem anunciar a sua chegada às autoridades cantonais no prazo de 48 horas e fazer 10 dias de isolamento.
O não cumprimento das novas regras implica o pagamento de uma coima que pode chegar aos 10 mil francos.